GALAXY NEXUS CONTINUA COM PROIBIÇÃO DE VENDA E APELAÇÃO DA SAMSUNG É NEGADO: GOOGLE TRABALHA EM PATH.

Após sentença a favor da Apple e garantir a ela uma liminar contra o smartphone do Google fabricado pela Samsung, o Galaxy Nexus foi retirado do Google Play e o Google corre contra o tempo para soltar um patch que neutralize o bloqueio judicial.

Recentemente vimos que a Samsung teve sucesso com o seu apelo para reverter a proibição de vendas obtido pela Apple na semana anterior contra a venda Galaxy Tab 10.1 nos EUA. Vale lembrar que a Apple também obteve liminar contra a venda do Galaxy Nexus na região junto do mesmo tribunal - e parece que a Samsung perdeu a segunda apelação em uma linha. Na verdade, esta é quarta derrota da Samsung em pouco mais de uma semana, e agora vamos nos perguntar se outros dispositivos Android feitos pela empresa sul-coreana estão em perigo similar.



O The Verge diz que a Apple também colocou US$ 96 milhões em caução, valor necessário para dar validade plena à liminar do Galaxy Nexus pedido pelo tribunal quando concedeu a liminar contra as vendas do Galaxy Nexus, o que significa que a liminar está em pleno vigor, pelo menos até Samsung ser capaz de demonstrar que o seu smartphone não está infringindo qualquer uma das patentes usadas pela Apple neste estudo americano - as duas empresas estão envolvidos em um conflito jurídico complexo que está sendo travada em mais de 30 julgamentos em 10 países em quatro continentes.


Aqui está o que a Samsung disse sobre o assunto:

"Samsung está desapontada com a decisão do tribunal que negou a nossa proposta para ficar. Acreditamos que a decisão de hoje vai, finalmente, reduzir a disponibilidade de produtos de alta qualidade para os consumidores nos Estados Unidos.

Continuaremos a buscar um apelo da liminar do Galaxy Nexus, que apresentou em 2 de julho ao Tribunal de Apelação do Circuito Federal. Enquanto isso, estamos também trabalhando em estreita colaboração com o Google para resolver esta questão, como a patente em questão refere-se a função de busca do Google unificada."

Galaxy Nexus - "em breve" na Google Play
O que comprova ainda mais o fato de que o Galaxy Nexus não está mais disponível para venda nos Estados é a própria loja do Google, o Google Play. O Galaxy Nexus está agora listado como "em breve", sem nenhuma explicação sobre por que o Google não está a vendê-lo agora. O  Galaxy Nexus, regularmente é vendido por US $ 349 quando comprado do Google Play, também está disponível a partir de Verizon e Sprint, as únicas operadoras da região que têm o aparelho em estoque. Além disso, o telefone também está disponível a partir de outros varejistas eletrônicos nos EUA, incluindo Amazon, Target e J & R, mas se a liminar entrou efeito, as chances são grandes de que essas empresas não vão enviar o dispositivo à sua porta.


Segundo o The Verge, o Google confirmou que o Galaxy Nexus não está à venda mais na sua loja online, sem explicar por que isso aconteceu. Mas a empresa disse que as vendas serão retomadas na próxima semana.


Mesmo que o gigante das buscas não confirme que a proibição de vendas já entrou efeito, esta parece ser a explicação mais simples para as vendas pararem. Nós ficaríamos surpresos se ouvir que o Google ficou sem o Galaxy Nexus em stock agora, quase sete meses após o seu lançamento oficial. Se fosse esse o caso, o Google e a Samsung iriam certificar-se de que todo mundo soubesse o quão bem o aparelho está vendendo.


Google já está trabalhando em uma correção


Pouco depois que a Apple ganhou a liminar contra o Galaxy Nexus, o gigante de buscas confirmou que vai contribuir ativamente para a Samsung em sua luta contra a fabricante do iPhone. The Next Web agora informa que Google já está trabalhando em um patch de software que traria o Nexus Galaxy de volta à venda, como a atualização é basicamente uma solução que remove a tecnologia que Apple diz que está sendo violada pelo aparelho, ou de busca unificada.


Uma vez que a atualização é instalada, o recurso de pesquisa do Galaxy nexus só vai exibir os resultados da web, se o usuário digita na busca ou usa voz para procurar coisas. Isso significa que os resultados locais (coisas que está no telefone, como aplicativos, mensagens e e-mails) não será exibido mais na seção de resultados.



Além da correção de software que deve convencer o tribunal a permitir a Samsung, Google e seus parceiros para vender o aparelho novamente nos Estados Unidos, temos que lembrar que o Android 4.1 Jelly Bean na sua atualização que está chegando em breve possui um recurso de busca reinventado, o Google Now em conjunto com o Google Search, e dai fica a pergunta será que essa novidade do Android 4.1 vai ser afetada e teremos algo diferente do que foi apresentado no Google I/O 2012? Bom, temos que esperar para vermos.


fonte: androidauthority


E você o que acha disso, será que seremos prejudicados com a versão final do Jelly Bean por causa da guerra de patentes? Deixe seu comentário e até o próximo post!


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ATUALIZAÇÃO PARA WHATSAPP PARA ANDROID DISPONÍVEL NA GOOGLE PLAY

O QUE É AOSP, CYANOGENMOD E AOKP?

[ATUALIZADO] QUER VOLTAR PARA A ROM ORIGINAL? NÓS TEMOS A SOLUÇÃO!!!