SAIBA UM POUCO MAIS SOBRE O NOVO ANDROID 4.1: O JELLY BEAN

Ontem na abertura do evento que marcou como sendo um dos melhores até hoje do Google, finalmente foi apresentado o novo Android 4.1 Jelly Bean além das novidades que o acompanharam, como o media center do Google, o Nexus Q.
Google acaba de anunciar Android 4.1 Jelly Bean no Google I / O 2012. Como o número da versão indica, Jelly Bean marca uma atualização incremental para Ice Cream Sandwich, e não uma versão totalmente nova como alguns pensavam, mas inclui uma série de novas características para o usuário final.


Jelly Bean apresenta uma série de melhorias de interface do usuário que o Google chama de "Butter Project". O projeto pretende fazer um Android rápido, um sistema operacional mais ágil, introduzindo características como triplo buffer em gráficos para garantir animações suaves. Google demonstrou estas novas melhorias comparando dois dispositivos Galaxy Nexus lado a lado, um com ICS em execução, o outro executando Jelly Bean. O Galaxy Nexus com Jelly Bean tem animações exibidas muito mais rápido e mais suave do que o Nexus com ICS.

Jelly Bean está trazendo algumas mudanças a ícones da tela inicial e widgets. Os Widgets irão automaticamente se redimensionar para caber no espaço disponível na tela home. Além disso, os atalhos de aplicativos serão automaticamente redistribuídos para caber em torno de um widget. 


A Sombra de Notificação também tem algumas atualizações, mas tem um novo design elegante, e agora apresenta "expansível, notificações acionáveis". Os usuários serão capazes de expandir as notificações com um gesto de pinça com dois dedos para ver os detalhes adicionais, e algumas notificações permitirão uma ação a ser tomada como chamar de volta uma chamada não atendida, ou rápido responder a um email.


Teclado melhorado com previsão da próxima palavra
Jelly Bean possui entrada de texto novo e melhorado com Swiftkey e Swype-como previsão da próxima palavra. A precisão da predição é ainda desconhecido, é claro. Embora, visto que é um trabalho do Google, estamos supondo que vai ser tão bom quanto, se não melhor do que os aplicativos de substituição encontrados para teclado.
Voice Search


Google também transformou a experiência de pesquisa no Google sobre o Android, e eles fizeram isso muito parecido com Siri. Usando o botão Voice Search, os usuários agora podem fazer perguntas como "Quem é o presidente da China?" Ou "O que é um robô" e o Google Search irá responder com uma placa de interface de Siri-like, e "ela" vai mesmo responder vocalmente.

Algumas das novas funcionalidades estão vindo para entrada de texto também. Os dicionários Android estão agora "mais precisos e mais relevantes", segundo o Google. Edição ainda mais: Google conseguiu "encolher" a tecnologia de reconhecimento de voz que roda em seus servidores de nuvem para caber no próprio telefone, permitindo a digitação de voz Offline.

Google Now
O Google também introduziu um novo organizador pessoal, chamado de Google Now, o que pode ser acessado com um rápido deslizar para cima da parte inferior da tela. Através do uso diário de seu telefone, o Google agora aprende onde você mora, seu trajeto diário, seus times favoritos, mesmo quando e onde você vai para o ginásio. Agora, em seguida, exibe "Placas" preenchidas com informações úteis sob medida para você, e esses cartões irão mudar ao longo do dia, informações de tráfego para o seu trajeto para o trabalho será exibido na parte da manhã, enquanto as informações sobre o seu restaurante favorito pode aparecer na hora do almoço. É uma característica muito original, embora alguns possam encontrar a coleção automática de informações um pouco assustador no que diz respeito a privacidade.


Melhorias no Android Beam
No Jelly Bean, você será capaz de tocar dois dispositivos habilitados para NFC Android juntos para compartilhar fotos e vídeos também. Além disso, você será capaz de emparelhar o seu dispositivo Android da mesma forma com os dispositivos que suportam Bluetooth de modo seguro e simples. Isso é direito, através de um simples toque, sem ter que procurar manualmente e par com eles.


Acessibilidade
Jelly Bean virá com gestos e comentários de voz para usuários cegos. Ele vai permitir a instalação de plugins de acessibilidade para conectar dispositivos externos de entrada em braile através de Bluetooth.


Jelly Bean será lançando via OTA para Galaxy Nexus, Motorola Xoom, e Nexus S em meados de julho, mas já há disponibilizado no XDA uma atualização que também serve para o Galaxy Nexus Brasileiro o X. O Google ainda lançou o SDK para desenvolvedores ontem e Google também está lançando o Android Developer Kit Plataforma de OEM, para torná-lo mais fácil para eles portar novas versões do Android para o seu hardware. O PDK Android estará disponível para OEM 2-3 meses antes do lançamento público de todas as 
versões futuras do Android.


Google Chrome
Finalmente o navegador mais utilizado do mundo nos Desktops virou oficialmente com a sua versão móvel final o navegador padrão do Android 4.1 Jelly. O Chrome para Android ganhou melhorias e incrementos de performance além de deixar a tag de Beta para ser a versão final.
Além disso a atualização dele para a versão final está disponível para todos na Play Store desde que o seu aparelho esteja rodando o Android a partir do 4.0 e seja compatível.

Project Butter: Tecnologia para Acelerar o Android
O anúncio do Android 4.1 durante o Google I/O Já era esperado devido aos rumores e vazamentos, ma o que surpreendeu a todos foi o Project Butter (Projeto Manteiga). O nome curioso já diz tudo: trata-se de uma novidade que vem para deixar o sistema suave como o derivado do leite.

Segundo informações do Google Developers, o Android 4.1 está sendo projetado para oferecer o melhor desempenho e a mais baixa latência nos comandos de toque — aproveitando uma interface fácil e intuitiva.

Para assegurar essa melhoria, o Google está trabalhando seriamente no Project Butter, o qual consiste em modificar as bases do software e adicionar alguns recursos que vão melhorar a resposta e a utilização dos recursos.

Vsync e Buffer triplo

O Android Jelly Bean utilizará um temporizador de sincronia vertical (vsync) prolongado para que o processador possa detectar tudo o que acontece na tela. A varredura acontece em 16 milissegundos e garante que a renderização dos quadros não seja antecipada ou atrasada.

O sistema vai usar um buffer triplo para renderização gráfica. Isso significa que tudo será mais suave, desde a rolagem na tela até as animações. O Android 4.1 reduz a latência nos comandos de toque para sincronizar com o vsync e também para prever seus movimentos. O SO força a CPU a antecipar suas ações, garantindo que nada resulte em atrasos.


Além de tudo isso
Não podia faltar o que já e tradicional o Easter Egg do Google no Android que neste caso foi o Jelly Bean com sua animação de jujubas, quer saber como ficou, veja o vídeo abaixo.

fonte: Engadget, Google Nexus, Tecmundo

E ai o que acharam? Gostaram das novidades e da incrementação nos detalhes de interface? Comente, deixe seu comentário e até o próximo post!
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ATUALIZAÇÃO PARA WHATSAPP PARA ANDROID DISPONÍVEL NA GOOGLE PLAY

O QUE É AOSP, CYANOGENMOD E AOKP?

[ATUALIZADO] QUER VOLTAR PARA A ROM ORIGINAL? NÓS TEMOS A SOLUÇÃO!!!